As sete principais tendências de TI até 2020, segundo o Gartner

Pesquisa realizada pela empresa de consultoria Gartner aponta as prioridades das áreas de TI para os próximos 4 anos.

Confira na reportagem abaixo.

Com o rápido desenvolvimento da tecnologia e a previsão de que o mercado mundial de TI alcance US$ 3,5 trilhões no fim do ano que vem, o Gartner acredita que a tecnologia da informação já não deve mais ser encarada como uma preocupação exclusiva dos CIOs, e sim de todos os funcionários e executivos das empresas.

Baseando-se nas estimativas de crescimento anual composto de 4% em cinco anos, a consultoria lista as principais prioridades das áreas de TI das empresas até 2016:

1) Integrar as equipes de TI com as equipes operacionais, de forma a facilitar o gerenciamento desses grupos e aumentar a produtividade. O Gartner acredita que os colocando juntos, os executivos podem trabalhar melhor com orçamentos apertados e estruturar melhor a verba para compra de novos equipamentos e software;

2) Lidar com a produção e o acesso à informação nas mídias sociais. A consultoria acredita que até 2015, 80% das empresas não saberão abordar a realidade colaborativa da internet, o que deve impulsionar os gastos nessa área;

3) Buscar tecnologias que identifiquem e consigam funcionar de acordo com os padrões de comportamento do mercado. O estudo acredita que os executivos precisarão cada vez mais de ferramentas que prevejam os períodos de baixa demanda, para que a produção possa ser ajustada;

4) O Gartner acredita que até 2016 todas as empresas usarão computação em nuvem. Segundo a pesquisa, nos próximos anos as relações de consumo de tecnologia vão se alterar e cada vez mais as companhias buscarão formas de fornecer pela internet. A consultoria prevê que até 2014 o mercado de cloud computing terá receita de US$ 148,8 bilhões;

5) As tecnologias de geolocalização serão uma grande oportunidade para o mercado de telecomunicações, o qual o Gartner prevê que mudará de negócios baseados em serviços para baseados em aplicações. A consultoria acredita que o mercado de ferramentas de geolocalização alcançará receita de US$ 215 bilhões até o fim de 2012, enquanto cerca de US$ 150 bilhões do orçamento de serviços das operadoras de telecom serão transferidos para aplicações;

6) Os assuntos relacionados a sustentabilidade também atingirão o mercado de TI. A consultoria acredita que a emissão dos gases causadores do efeito estufa será o principal gasto com conformidade das empresas do setor pelos próximos cinco anos;

7) A partir de 2020, o Gartner acredita que as principais tendências serão tecnologias cognitivas, ou que captam o movimento e interpretam as palavras de acordo com a busca feita on-line, e dispositivos de energia sem fio. Cada um desses mercados deve movimentar US$ 1 bilhão em 2020.

Fonte: TI Inside

A Jiva é especialista em soluções de gestão empresarial para pequenas empresas. Nossas soluções atuam desde a realização de um diagnóstico sem custo para mensurar o nível de maturidade da gestão das empresas, o compartilhamento das melhores práticas em processos, a implantação do sistema integrado de gestão empresarial – ERP, até o acompanhamento evolutivo dessa gestão, garantindo que os benefícios sejam usufruídos e se consolidem na cultura dos clientes.

Gire seu smartphone para visualizar o site